Sonhando Acordada

 

 

Enfim sexta! Esse é o pensamento de muitos neste fim de tarde.  Sensação de dever cumprido e alegria porque o  despertar  amanhã não tem hora…

Quanto a mim, confesso que está difícil descrever. Os pensamentos estão confusos e as idéias parecem não fazer mais sentido. Um estado de “abobamento” total. Fico aqui passeando pelas páginas deste blog e do face sem acreditar no que está acontecendo.

É por isso que hoje resolvi escrever sobre mim. Deixar um depoimento e nada mais.

Estava aqui pensando que a pouco mais de 3 meses  trabalhava em uma grande empresa. Quando saí de lá meus ombros estavam mais leves,  no meu íntimo um sonho, e na minha cabeça a incerteza de que pudesse se tornar realidade.

Sonho que me acompanha a anos, nem sei precisar a quantos. E a esta altura da vida, era mais uma quimera algo que fosse realizado somente em outra vida sei lá.  Mas de repente um start e logo pensei “outra vida uma ova, “.

E  aqui estou eu. Não entendendo direito como estou fazendo, contando com ajuda de um dicionário, usando pronúncias e termos técnicos em lugares errados, pagando micos e ás vezes até “king kongs”. Rindo de mim mesma por demorar um semana prá fazer o que profissionais fazem  em minutos, mas estou aqui. Aprendi em duas semanas, o que em anos nem imaginava que existia.

E na terça feira dia 7 de abril,  por acaso dia do jornalista, nasceu o blog. Quer dizer, nasceu não,  “estreou” como dizem na Bahia. E estreamos bem com um lindo artigo da amiga e colaboradora Carol Brandão. E como ela mesma disse,  10 anos depois da formatura.

Pessoas me perguntam como eu fiz e na verdade também não sei. Só sei que fiz. Tudo estava claro na minha cabeça e daí em diante foi só começar. Descobri que o que nos afasta de realizar o nosso sonho é o primeiro passo…dado este, os próximos vêm na sequência como acontece quando caminhamos.

No meu caso,  a caminhada mal começou. Tenho muito a aprender e nem sei se vai dar certo mas pelo menos, poderei dizer : “eu tentei”.

Agradeço  a amiga Adriana Tavares que um dia, numa conversa de bar  disse que meu sonho era sim possível de ser realizado, “o mais realizável da mesa”, disse ela explicando que eu só precisava me organizar. Amiga, você tinha razão!

Termino a minha semana feliz da vida. Cansada com os dedos e os braços doendo. Os olhos e a cabeça pesados mas a certeza de que é muito bom tentar, se esforçar e principalmente conseguir.

Não tem idade para a realização e quando ela acontece é como se o sonho tivesse nascido ontem!

 

Bom final de semana pessoal e até o próximo post!!

_______________________________

E você qual é o seu sonho. Está trabalhando para realizá-lo também. Conte para nós!

Deixe um comentário.

 

Claudia Freitas

Claudia Freitas, bem maior de 40, jornalista e editora deste singelo Blog.

3 comentários em “Sonhando Acordada

  • Abril 10, 2015 em 10:05 pm
    Permalink

    Ai, Claudinha, sonhos sonhos….se nao pensar neles, qual seria o sentido real da vida além de amigos, familia, momentos… E ainda sonho muito com uma coisa em especial e faço o que posso para estar em contato com ele… é longe, é caro, é lindo e sempre me arranca muitas lágrimas… estou aqui escrevendo e já emocionada… mas enfim… o que quero dizer é que SONHOS são importantissimos para abrilhantar nosso interior, nossa alma e em muitos casos nossas vidas… Amooooo….

  • Abril 13, 2015 em 4:45 pm
    Permalink

    Oi Sheila obrigada por dividir com a gente. Espero um dia falarmos sobre isso. E não deixe de sonhar mas também de caminhar em direção a ele. Bjkas

  • Abril 13, 2015 em 7:09 pm
    Permalink

    E ao ler esse texto, senti a mesma vontade…de realizar meus sonhos. Nós que com o passar do tempo e com a correria da vida esquecemos deles….Colocamos outras prioridades e vamos nos deixando levar pela vida…
    A minha avó sempre me disse…” não veja a vida passar na sua frente, faça parte dela, viva! ”

    Pode ser cliché, mas temos que realizar os nossos sonhos e vontades e já!!! A tempo de fazer sentido para nós mesmas!
    Esse nosso site, se assim podemos chamar já que todas nós podemos contribuir, está sendo uma das realizações e parte do meu sonho…
    Obrigada Claudia por me fazer reencontrar com esse lado que estava quietinho e que agora encontrarei mais vezes!!!

Oi deixe sua crítica, ideia ou sugestão.